Análise de dados públicos – SAE Louveira Parte 3

Análise de dados públicos – SAE Louveira Parte 3

Se você caiu aqui de paraquedas, tenho feito uma análise da Secretaria de Água e Esgoto de Louveira, uma cidade do interior de São Paulo, onde já verificamos a qualidade da água em si e suas interrupções no abastecimento, agora vamos analisar o financeiro, então arrume sua postura e vamos olhar com atenção os números da Secretaria de Água e Esgoto de Louveira.

1º Passo – Mineração de dados.

Como sempre precisamos ir atrás dos dados, e neste caso os dados estão na aba transparência no próprio site da prefeitura, nesta aba é possível fazer o download dos dados a partir de 2014.

2º Passo – Organização e limpeza dos dados

Aqui foi simples, peguei as bases e juntei todas numa única tabela, apenas acrescentei o Ano – coluna G.

3º Passo – Análise exploratória no Power BI

Pode parecer simples pegar um conjunto de dados e criar alguns gráficos, como fizemos já em nossos 2 primeiros artigos desta série, mas nem tudo são flores, você não vê a quantidade de gráficos que testamos antes de decidir por 1 deles. É necessário algumas horas de dedicação, sem brincadeira. Agora que já choraminguei um pouco, vamos continuar.

1º Quero saber o valor orçado de 2017 até 2020 e se foi consumido todo o orçamento.
2º Temos categorias predominantes no empenho de verba?
3º Quais são os projetos que mais tiveram investimentos até o momento?

Vejamos os resultados.

Elemento 1:

Tem bastante informação aqui, veja com calma.

  • Orçado por ano – Tivemos um salto grande no orçamento de 2017 para 2018
  • Liquidado – O quanto foi emitido de nota para os projetos, é possível verificar que sempre esteve bem abaixo do orçamento estipulado e tivemos um aumento considerável de 2018 para 2019.
  • Proporção – Trás a proporção média dos 4 anos entre o liquidado e o quanto foi orçado, podemos concluir que na média não foram utilizados nem metade do valor orçado para o período de 4 anos.

Elemento 2:

Nem sempre a exposição dos dados precisa ser em gráficos, neste caso essa lista com os valores anuais nos entrega uma nova variável, o valor empenhado (o quanto o estado disponibilizou para projetos planejados).

  • Valor Empenhado – Tivemos o aumento no mesmo ano que o liquidado, ainda não olhamos para os motivos, mas já é possível perceber que algo aconteceu entre 2018 e 2019.

Elemento 3:

Tomei a liberdade de categorizar as linhas de empenho em alguns grupos, isso nos da uma visão mais clara do foco dos investimentos.

Elemento 4:

Tabela simples para nos mostrar o nome do projeto, bem como o ano inicial e seu valor liquidado total até 2020.

Juntando esses elementos temos nosso dashboard Resumo Financeiro: (pode acessar aqui)

Use sua curiosidade e clique individualmente em cada gráfico, coluna, ponto, projeto e ano e verá que novas informações surgirão..
Exemplo: Quando clicamos no primeiro projeto – Construção de represa de captação do córrego Fetá

  • Identificamos que foi orçado em 2017, porém não tivemos empenhos naquele ano
  • O Orçado sempre esteve acima do Empenhado que sempre esteve acima do Liquidado nos 4 anos
  • Em 2018 foi orçado em 19 Milhões e só tivemos um consumo de aproximadamente 200 mil reais. Isto nos mostra um dos motivos para aquele deslocamento entre Orçado e Liquidado em 2018.
Construção de represa de captação do córrego Fetá

Que tal construir um novo painel mais detalhado por ano? Vamos lá?

Elemento 1: Filtro por ano

Elemento 2: Árvore por grupo com extensão para projetos/títulos

Elemento 3: Informações gerais

Elemento 4: Detalhamento por projeto

Elemento 5: Separação de investimentos por grupo

Feito isso, vejamos como fica o Dashboard detalhado por ano juntando todos esses elementos: (acesse aqui)

Conclusão: Temos estimado excessivamente mais alto os gastos do que realmente são necessário, muitas das vezes temos a verba disponibilizada mas não a utilizamos por completo, para verificar os motivos do não uso das verbas, um passo interessante é acessar os projetos e olhar seus detalhes.

Bem, com esses painéis podemos verificar muita coisa, entender os usos das verbas, os projetos principais e suas durações, deixo que você analise e comente seus achados.

E aí, te vejo no próximo post? Um amigo deu a ideia de verificar o consumo da água, vou procurar os dados!!

Qualquer dúvida ou sugestão por favor comente neste artigo ou me encontre em uma de minhas redes sociais: Instagram ou Linkedin.

Até a próxima!

Sobre o Autor

Victor Sponchiado
Victor Sponchiado

Apaixonado por tecnologia, sonho em me tornar programador quântico, atualmente navegando pelas águas do Data Science. Pai, marido, estudante, empreendedor, educador, amigo, e tantos outros papeis. Sempre muito feliz com a vida :)

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *