Como a Inteligência Artificial está transformando os Negócios

Como a Inteligência Artificial está transformando os Negócios

Não é de hoje que o termo Inteligência Artificial (IA ou AI —  Artificial Intelligence) ganha os noticiários e vem se tornando uma ferramenta poderosa para criar vantagem competitiva nos negócios. Essa tecnologia, que antes era restrita aos laboratórios de pesquisa, agora vem ganhando espaço no nosso cotidiano.

As empresas vêm utilizando Inteligência Artificial nos mais diversos setores, chatbots para atendimento ao cliente, análise de dados e modelos de Machine Learning para tomadas de decisão, redução de custos e/ou identificação de fraudes, sendo assim considerada pelos empresários como uma ferramenta essencial, que gera valor e insights valiosos.

Assim, quem aprender e explorar essa tecnologia, capaz de aumentar a capacidade produtiva e reduzir os custos dos negócios, pode se tornar um profissional requisitado no mercado de trabalho.

Mas o que é Inteligência Artificial?

A Inteligência Artificial é a capacidade de máquinas ou softwares de tomarem decisões, ou executarem tarefas de modo similar à capacidade humana, sendo a combinação de várias tecnologias que permitem que máquinas imitem o comportamento humano. Resumidamente, ela adiciona inteligência aos produtos já existentes, como a Siri, assistente virtual da Apple.

A Inteligência Artificial envolve várias áreas, tais como: Machine Learning, Redes Neurais, Visão Computacional, Sistema Cognitivo, Processamento de Linguagem Natural e Robótica. Para facilitar, irei descrever rapidamente alguns dessas áreas.

Machine Learning: são algoritmos que utilizam informações do passado (dados) para identificar padrões e tomar decisões. Alguns exemplos são: algoritmos de classificação de imagens, de previsão de lucro/tempo, ou de segmentação de clientes (cluster).

Redes Neurais: é uma subárea de aprendizado de máquina, Machine Learning, que apresenta um modelo matemático inspirado na estrutura dos neurônios cerebrais, sendo capaz de adquirir conhecimento através de experiência. Por exemplo, identificação automática de tumor em mamografias.

Robótica: área dedicada à criação de robôs. Um robô é qualquer máquina/software que utiliza sensores nas tomadas de decisões. Por exemplo, carro autônomo, drones e aspirador de pó autônomo.

Visão computacional: área que treina máquinas para interpretarem e entenderem o mundo visual, ou seja, que reproduz a visão humana em softwares e/ou hardwares. Por exemplo, reconhecimento facial/objetos.

Processamento de Linguagem Natural: área que ensina softwares a entenderem e compreenderem a fala e a escrita humana. Por exemplo, tradutor em tempo real, chatbot, análise de sentimento, e detecção de e-mail spam.

Sistema Cognitivo: foca em desenvolver sistemas/softwares que simulam o processo de aprendizado humano, ou seja, sistemas capazes de agir, identificar, deduzir, e compreendere com base nos dados estudados. Por exemplo, o Watson da IBM.

Todas essas áreas da Inteligência Artificial relacionam-se com objetivo de fazer máquinas pensarem e agirem como os seres humanos.

Com a Inteligência Artificial, operações repetitivas serão eliminadas, tornando as operações mais eficientes e produtivas.

Além disso, ferramentas e sistemas automatizados, baseados em Inteligência Artificial, ajudam empresas a melhorar o uso de seus recursos, com efeitos visíveis em seus resultados.

De acordo com a Gartner, até 2030 a Inteligência Artificial injetará mais de 15,7 trilhões de dólares na economia global.

Agora que entendemos o que é Inteligência Artificial e sua importância, vamos conferir quais seus benefícios para os negócios.

Como posso aplicar Inteligência Artificial?

Para falar das aplicações de Inteligência Artificial, é mais fácil mostrar quais áreas de nossas VIDAS ainda NÃO foram influenciadas por ela.

A Inteligência Artificial, nos próximos anos, estará presente em todas as áreas de conhecimento. Aqui, apresentaremos algumas possibilidades de aplicação da Inteligência Artificial em áreas como finanças, governo, saúde, indústria e comunicação.

Aplicação da Inteligência Artificial em Finanças

Já não é de hoje que instituições financeiras utilizam Inteligência Artificial em seus processos. Com os avanços tecnológicos da última década, presenciamos o surgimento dos bancos digitais e uma nova era começou, alterando os modelos atuais de negócio e o mercado de trabalho.

Clientes cada vez mais exigentes desejam custos reduzidos, segurança, facilidade para resolução de seus problemas bancários e serviços personalizados. A solução para isso é implementar a Inteligência Artificial em todas as áreas das instituições financeiras.

Mas como a Inteligência Artificial transforma o setor financeiro?

  1.  Segurança dos dados: com a Inteligência Artificial é possível encontrar padrões nas movimentações financeiras e, assim, identificar transações fraudulentas em tempo real.
  2.  Banco personalizado e digital: com a Inteligência Artificial é possível processar informações e registros, oferecendo, assim, produtos personalizados, como a aplicação de taxas de juros personalizadas e a oferta de produtos mais convenientes respeitando a individualidade de cada cliente.
  3.  Análise de risco: a Inteligência Artificial tem habilidade de utilizar o histórico de dados para tomar decisões futuras, além de processar milhares de registros financeiros em pouco tempo. Assim, a avaliação de crédito ficará a cargo da Inteligência Artificial.
  4.  Prevenção do Churn: com os algoritmos de Machine Learning é possível identificar quais clientes têm a maior chance de cancelar o contrato e mudar de agência bancária.

Aplicação da Inteligência Artificial no Marketing

O Marketing é uma das áreas que mais vem sofrendo influência da Inteligência Artificial, pois um dos maiores benefícios que a IA vem trazendo são os ganhos de eficiência pela equipe de marketing.

Mas como a Inteligência Artificial é aplicada em Marketing?

  1. Chatbots: tecnologia inventada em 1966, o chatbot está evoluindo e tornando-se cada vez mais eficiente. Com a Inteligência Artificial é possível imitar conversas com usuários de aplicativos em diferentes plataformas. Assim, o programa de computador, em vez de dar respostas programadas, sugere respostas adequadas sobre o assunto, mesmo quando não tem a pergunta programada.
  2.  Marketing personalizado: quanto melhor o entendimento do cliente e de suas dores, melhor será o atendimento e a sua fidelização. Com a IA é possível identificar padrões de compras e oferecer produtos personalizados para o cliente, personalizar e-mails ou anúncios para determinado perfil de clientes, inclusive prever o melhor tempo para ofertar os produtos.
  3.  Sistema de recomendação: Os algoritmos inteligentes de aprendizado de máquina (Machine Learning) analisam suas atividades e as comparam com milhões de outros usuários para determinar o que você gostaria de comprar ou assistir, e assim sugerir recomendações de produtos.
  4.  Pesquisa ativada por voz: A pesquisa por voz cada vez mais será utilizada e os profissionais responsáveis pelo desenvolvimento de conteúdo precisarão otimizar seu conteúdo baseado nesse novo sistema.

Aplicação da Inteligência Artificial na saúde

A Inteligência Artificial é uma grande aliada da saúde. Com a Inteligência Artificial, erros médicos são eliminados, novos medicamentos são descobertos e o custo da saúde é reduzido.

Temos inúmeras aplicações de Inteligência Artificial na saúde, a seguir citamos algumas.

  1. Previsão de diagnóstico: além de identificar fatores de risco para doenças, a IA  consegue processar mais informações e identificar padrões de forma mais eficiente do que profissionais da saúde.
  2. Imagens médicas: a Inteligência Artificial analisa imagens médicas (como raio–x, mamografia etc.) e identifica tumores com mais precisão do que os profissionais da saúde.
  3. Monitores de saúde: permitem gerenciar e acompanhar a evolução de epidemias, além de monitorar pacientes com doenças crônicas como pressão alta ou diabetes.
  4. Descobrimento de novos medicamentos: devido ao seu poder computacional, o uso da IA pode acelerar o processo de descobertas de novos medicamentos.

Aplicação da Inteligência Artificial na Indústria

A indústria brasileira terá grandes benefícios com o uso de tecnologia de Inteligência Artificial. Estima-se uma redução de 72 bilhões por ano com a implementação dessa tecnologia.

A seguir, citamos alguns exemplos de aplicações de Inteligência Artificial na indústria.

  1. Otimização de suplementos: com a Inteligência Artificial é possível monitorar e otimizar o estoque da empresa. Também, podem-se utilizar modelos de previsão para prever a quantidade de suplementos necessários.
  2. Detecção automatizada de defeitos: a identificação de produtos com defeitos e problemas na linha de produção pode ser feita em tempo real com o uso de IA, diminuindo os prejuízos e aumentando os lucros.
  3. Previsão de energia: utilizando modelos de previsão, é possível prever a quantidade de energia que será consumida nos próximos meses, e auxiliando no planejamento de gastos da empresa.
  4. Segurança de dados: com computação em nuvem, é possível armazenar os dados da empresa com uma maior segurança, e usando a IA é possível identificar ataques de hackers em tempo real, diminuindo os risco e aumentando a segurança.

Agora que temos uma visão geral da importância e aplicações, vamos apresentar 9 vantagens que a Inteligência Artificial vai trazer para as empresas.

Quais vantagens a Inteligência Artificial pode trazer para os negócios?

É indiscutível a importância da IA nos modelos de negócios, a seguir listamos algumas vantagens que a Inteligência Artificial pode trazer

  1. Menos tempo gasto em análise de dados,
  2. Tomadas de decisões mais precisas e confiantes,
  3. Obtenção de insights valiosos e instantâneos,
  4.  Maior escalabilidade,
  5.  Aumento de produtividade,
  6. Alinhamento mais preciso com os objetivos da empresa,
  7. Melhorar as principais operações de negócios,
  8. Maior tempo para desempenhar outras tarefas,
  9. Redução de custo,
  10. Identificar novas oportunidades de negócios.

Quais os impactos da Inteligência Artificial nas profissões?

À medida em que a Inteligência Artificial vai ganhando destaque na mídia e sendo implementada nas empresas, também cresce o receio, por parte dos trabalhadores, que temem perder seus empregos para as máquinas.

Apesar de possuir um papel fundamental nas empresas, a Inteligência Artificial NÃO é 100% autônoma, sendo essencial a participação humana para o desenvolvimento de novas ferramentas.

As máquinas vêm para substituir as tarefas repetitivas, mas não substituirão as profissões. Um estudo da McKinsey mostra que 51% das tarefas de trabalho podem ser automatizadas, mas apenas 5% das profissões podem ser automatizadas.

Outro estudo realizado pela Gartner, Inc., em 2017, apontou que a Inteligência Artificial será responsável por criar 2,3 milhões de empregos, enquanto eliminará 1,8 milhão até 2020.

Fica claro que a Inteligência Artificial veio para melhorar nosso serviço e substituir as tarefas burocráticas, assim, as novas profissões serão voltadas para a criação de novos itens e serviços, e aperfeiçoamento dos já existentes.

Não perca essa oportunidade de se destacar no mercado e garantir seu emprego nos próximos anos. Uma pesquisa da IBM mostra que mais de 7,2 milhões de profissionais precisarão de capacitação em Inteligência Artificial.

Assim, é importante que você se atualize e aprenda essa tecnologia. Para se manter atualizado na área, inscreva-se em nossa Newsletter e receba conteúdos exclusivos sobre Inteligência Artificial. Gostou do artigo? Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário.

Tags: |

Sobre o Autor

Juliana Scudilio
Juliana Scudilio

Doutora e Mestre em Estatística pelo ICMC-USP. Bacharel em Estatística pela UFSCAR. Founder e Data Scientist da flai. Apaixonada por dados e por ensinar.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *